Fora de catálogo desde a década de 1960, "Talvez Poesia" será reeditado em novembro

Nota publicada pela Folha de São Paulo no dia 7 de julho de 2012
Fora de catálogo desde os anos 60, “Talvez Poesia”, de Gilberto Freyre, será reeditado pela Global para a Fliporto, em novembro. O livro, cuja única edição, de 1962, chega a custar R$ 200 em sebos virtuais, mostra um lado menos conhecido do pernambucano.
“Quem ler esse livro ficará admirado ao saber que este poeta é um sociólogo”, publicou o diário carioca “Correio da Manhã” em 31 de maio de 1962, referindo-se à estreia de Freyre num volume de poemas. “Talvez Poesia” sai com apresentação de Ledo Ivo, amigo que auxiliou “na redução de trechos de prosa a forma poemática”, conforme Freyre explica no prefácio original. No texto, Freyre também esclarece que o título foi escolhido “mais por prudência que por modéstia”, já que inclui até um poema feito quando ele tinha 11 anos.