“O menino que espiava pra dentro” na mídia