Lima Barreto para jovens

Lima Barreto escreveu no começo do século 20 e a gente lê seus textos em 2017 como se fossem de agora. As questões que pulsam nas crônicas do autor homenageado da Flip seguem atuais. E o estilo veloz e irônico de Lima Barreto fazem esse caminho através dos tempos parecer curto, curtíssimo. Quem fala do novo livro Lima Barreto para jovens (Global Editora) é o organizador da coletânea, o gerente editorial da Global Editora Gustavo Henrique Tuna.

Aqui, a leitura da crônica Megalomania.