Em terra de tanta fruta boa, tomar só refrigerante… sei não

Mauricio Negro é um dos mais talentosos artistas do meio literário brasileiro da atualidade. Artista do meio literário é um termo que tenta abraçar sua capacidade múltipla de expressão. A faceta do ilustrador talvez seja a mais evidente, com grandes trabalhos que se verifica em livros como Tekoa, de Olivio Jekupé, A palavra do grande chefe, de Daniel Munduruku, ou Noções de coisas, de Darcy Ribeiro. Em Quem não gosta de fruta é xarope (Global Editora), ressalta-se junto o escritor. Em favor de um divertido passeio por uma feira imaginária, Mauricio usa habilmente a sonoridade dos nomes das frutas brasileiras e a diversidade visual da cultura do país. Nesse vídeo, ele lê parte do texto, mostra o livro e fala um pouco a respeito dele.