Katmandu: soa longe, mas é bem ao seu lado

Os contos do livro Katmandu (Global Editora) brotam da dor e da memória. A autora Anna Maria Martins os escreveu a partir de uma vivência traumática, quando perdeu o marido, o também escritor e jornalista Luís Martins. E neles explora questões do tempo no século XX, os choques de visão de mundo entre gerações, opressões, e trabalha sobre as memórias do que viveu entre São Paulo, Santos e o interior do estado, na fazenda da família.

Neste vídeo, a ocupante da cadeira número 7 da Academia Paulista de Letras nos presenteia com a leitura de um dos textos e conta um pouco mais da história de Katmandu e das experiências de uma vida muito intensa.

 


Compre aqui: