Joel Rufino comenta sobre as cotas nas universidades

É bem fácil encontrar pela internet informações sobre o Dia da Consciência Negra, todo 20 de novembro. A data homenageia Zumbi dos Palmares, símbolo da resistência contra a escravidão de humanos no Brasil, trazidos à força de vários lugares do continente africano, em condições inaceitáveis, situação que até o fim do século 19 era uma prática que paradoxalmente estava dentro da lei. O que nunca é comum: escutar a lucidez de um pensador como Joel Rufino dos Santos. Neste vídeo, gravado na casa do escritor e historiador, no Rio de Janeiro, ele responde a uma pergunta sobre o que achava do regime de cotas nas universidades públicas do Brasil.