Após 52 anos da primeira edição, Global Editora relança Darcy Ribeiro

Livro que compõe os “Estudos de Antropologia da Civilização”, a obra “As Américas e a   civilização”, escrito pelo antropólogo Darcy Ribeiro, apresenta reflexões surgidas durante o período em que o intelectual esteve no exílio, além de tratar de uma profunda análise dos processos histórico-culturais vividos pelos povos da América, a partir da perspectiva inovadora abordada pelo autor, a qual buscou evitar o tradicionalismo marcado pela visão eurocêntrica. O lançamento pela Global Editora   acontece em abril deste ano.

A obra faz parte de um ciclo de análises, como citado acima, e integra uma linha de   pensamento que contempla temas importantes, como O processo civilizatório, O dilema da América Latina, As Américas e a civilização e Os brasileiros, assunto que apresenta os subtemas ‘Teoria do Brasil e ‘Os índios e a civilização’.

“É importante ressaltar que nesse livro Darcy coloca como desafio temáticas espinhosas, que vão desde os percursos que marcaram as diferentes populações esse vasto continente americano, até os descaminhos dos habitantes da  América do Norte, central e do Sul”, explica Saulo Pessoa, graduado em história.

Essa sétima edição, publicada pela Global Editora, traz projeto gráfico desenvolvido por Victor Burton, designer na área editorial há 44 anos e ganhou prêmios, como Jabuti de Capa em 2005. O livro também traz dados de extremo conhecimento do antropólogo que, ao longo de 566 páginas, reúne estudos de anos e toca em questões pouco conhecidas, com uma propriedade de quem não apenas foi a campo pesquisar, mas que também percorreu boa parte das terras americanas.

Sobre o autor

Darcy Ribeiro em vida

Darcy Ribeiro nasceu em Montes Claros (MG), em 26 de outubro de 1922. Formou-se em Ciências Sociais na Escola de Sociologia e Política de São Paulo, em 1946. Construiu uma brilhante carreira intelectual de projeção internacional, notadamente nos campos da antropologia e da etnologia. Destacou-se como escritor, educador e político, além de ter sido figura presente nos momentos centrais da história brasileira da segunda metade do século XX. Foi senador da República entre 1991 e 1997, e membro da Academia Brasileira de Letras. Faleceu em Brasília, em 17 de fevereiro de 1997.

Conheça todas as obras